quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

"Porto D'Ouro"

Não há noites prateadas de lua

Como as do Porto

Nem ruelas, nem lindas vielas

Como as do Porto.

Não há meninas loiras ou morenas

Que arranquem a alma ao passar.

Nem carícias tão suaves, tão vivas

Que acordem o Sol ao deitar.

Não há quem possa cantar a beleza

Que nasce no Porto

Nem quem sinta o amor e a ternura

De quem vive no Porto

Dou-te esta canção

Só para ti e mais ninguém

Porque és tu esta linda cidade

Que eu tanto amo.



(Musica original da Tuna Académica da Universidade Portucalense - I.D.H.)


video

Sem comentários: